Em reunião técnica com direção e funcionários da Cohab-MG, Romeu Zema ressalta ações e diretrizes de gestão

Em reunião técnica com direção e funcionários da Cohab-MG, Romeu Zema ressalta ações e diretrizes de gestão

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou nesta terça-feira (9/7), na Cidade Administrativa, de reunião técnica de trabalho sobre os 100 primeiros dias da nova gestão da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG).

Na presença do quadro de diretores e funcionários da companhia, Zema fez uma apresentação das ações desenvolvidas pelo seu governo nestes primeiros seis meses de gestão, entre eles o acordo com as prefeituras para garantir os repasses constitucionais aos municípios e a previsibilidade do pagamento dos salários dos servidores públicos, e reforçou diretrizes e objetivos de sua gestão.

“O Estado está consumindo muito mais recursos do que consegue devolver para a sociedade. Tudo tem limite e vamos precisar de um caminho inverso, de um Estado mais eficiente, profissionalizado, que exista para atender os anseios do povo. O que mais tenho feito é dar exemplos de austeridade”, afirmou o governador, citando também a necessidade de aprovação da Reforma da Previdência e a adesão de Minas ao Plano de Recuperação Fiscal junto ao governo federal.

No atual governo, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) passa a cuidar de sete áreas de atuação, entre elas a política habitacional do Estado. A alteração já foi aprovada na Reforma Administrativa, que está em vigor.

A titular da Sedese, secretária Elizabeth Jucá, explica que as diretrizes sobre habitação estão sendo construídas pela pasta e que a Cohab será um braço executor desse plano. “Nós definimos a política habitacional e a Cohab a executa. É uma política de Estado. Temos o objetivo de trabalhar pelos vulneráveis. Sabemos que a falta de habitação é uma dessas vulnerabilidades e é nisso que queremos atuar”, explicou.

O diretor-presidente da Cohab-MG, Bruno Oliveira Alencar, ressalta que, apesar do quadro difícil encontrado dentro da companhia, estão sendo implementadas ações mais modernas de gestão. “Estamos trabalhando para nos conectarmos à Sedese e já indicamos novas diretrizes ao corpo de funcionários”, completou.