Novos diretores da Cohab Minas são empossados

Os novos gestores vão coordenar a diretoria jurídica e a diretoria administrativa da Companhia

O advogado Carlos Eduardo Araújo Carvalho e o administrador Haldley Campolina Vidal assumiram os cargos de diretor jurídico e diretor administrativo da Companhia de Habitação de Minas Gerais, respectivamente. O ato de posse foi assinado pelo Conselho da Cohab Minas, nesta terça-feira (25/10).

Os novos membros da Diretoria Executiva da Companhia assumem com o objetivo de auxiliar  o presidente no desafio de implantar medidas austeras para a solução de passivos, e de estabelecer uma gestão responsável e eficiente para a empresa.

Currículo:

Carlos Eduardo Araújo Carvalho – Diretor Jurídico:

Carlos Eduardo A. Carvalho é Doutorando em Direito – Universidade de Roma La Sapienza – Programa de Doutoramento em 30º Ciclo – concorso 2013-2014; Mestre em Direito Processual pela Universidade Católica de Minas Gerais; Especialista em Direito e Processo Constitucional pela Universidade Metodista Izabela Hendrix e; graduado em Direito pela Faculdade de Humanidades da Universidade FUMEC. Ele assessorou a FGV – Fundação Getúlio Vargas; e, atualmente, é professor visitante – Pesquisador, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e Deputado I do IEC-Instituto de Educação Continuada PUCMinas; I Professor Adjunto do Centro Universitário Newton Paiva; Professor Associado e Membro do Conselho no núcleo das disciplinas de Processo Civil da Faculdade de Direito do Centro Universitário de Sete Lagoas – UNIFEMM, Professor Núcleo Estruturador (NDE), Coordenador do TCC, Membro do Conselho Editorial do Jornal Jurídico e Adjunto Professor Kennedy Faculdade de Direito e membro da Comissão de Apoio aos Movimentos Sociais da OAB / MG.

 Haldley Campolina Vidal – Diretor Administrativo:

Haldley Campolina Vidal é bacharel em administração de empresas, com formação em Governança Corporativa pela Fundação Dom Cabral, pós graduado em Controle Interno pelo Tribunal de Contas de Minas Gerais. Ele já ocupou a presidência da Empresa de Informática e Informação de Belo Horizonte (Prodabel), foi secretário municipal da prefeitura de BH, foi vice-presidente da Cemig Telecom e presidente do Conselho do Grupo SLC.