Escrituras

O mutuário receberá conforme seu caso, a Escritura, a Carta de Liberação da Hipoteca (Cohab Minas) ou a Carta de Cancelamento da Propriedade Fiduciária de seu imóvel, após quitar completamente seu financiamento, ou seja, todas as prestações vencidas e/ou vincendas deverão estar quitadas. Lembramos que nos processos de quitação envolvendo sinistro de morte ou invalidez, sua efetivação estará condicionada a indenização do saldo devedor pela Companhia Seguradora.

A Cohab Minas cobra uma taxa de R$60,00 para a primeira emissão de qualquer dos documentos citados acima.

  • Para fornecimento de 2ª via da Escritura, será cobrada uma taxa de R$100,00
  • Para fornecimento de 2ª via da Carta de Liberação da Hipoteca (CAIXA), será cobrada uma taxa de R$16,00.

Os emolumentos/despesas decorrentes do registro e/ou da averbação correrão por conta dos interessados.

Inicialmente, para a emissão da escritura do imóvel, devem ser enviados à Gerência de Financiamento da Cohab Minas – Setor de Escrituras, os documentos básicos abaixo relacionados:

• cópia simples do Contrato de Financiamento;

• cópia simples da última prestação quitada;

• cópia simples do documento de Identidade e CPF do mutuário (e do cônjuge, se casado);

• cópia da certidão de estado civil atual.

• Caso haja procurador do(s) promitente(s) comprador(es), enviar Procuração Pública (cópia autenticada e emitida com data inferior de 6 (seis) meses quando do envio para a Cohab Minas), com poderes específicos para assinar a escritura perante a Cohab Minas – ver modelo anexo. Neste caso, enviar também cópia simples da Carteira de Identidade e CPF do Procurador.

Em caso de falecimento, separação e/ou divórcio, verificar no link abaixo os documentos a serem encaminhados à Cohab Minas de acordo com sua situação:

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À ELABORAÇÃO DA ESCRITURA DO IMÓVEL

Obs.: Esclarecemos que após análise da documentação encaminhada, caso necessário, solicitaremos complementação dos documentos.